sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Conversas pra mesa de bar (1)

Num dia frio desses...

(...)

Y: Hahaha, mulheres sempre merecem as melhores coisas
nos fazem sofrer, nos esvair em lágrimas, mas largá-las nem sempre é o melhor...

R: Nem sempre é o possível.

Y: Também... mulheres são complexas, são esfinges gregas a se decifrar com o tempo.

R: São relógios de sol... só funcionam quando está tudo bem, quando tem luz... é só uma tempestade acontecer pra que elas desistam e parem de exercer a sua função.. que é funcionar maravilhosamente, nos dar as horas e as direções, serem belas... mas são frágeis, não passam por cima dos dias chuvosos... desistem fácil... logo, é foda.

Y: Gente, que lindo. Mas é verdade... mulheres têm um magnetismo incrível e uma luz própria. Enquanto emanam esta luz, tudo é quente, bom e suave, mas ao mesmo tempo são imprevisíveis... então não há como saber como agir, ou quando irão se apagar.

R: Justamente.

Y: Bah, mas há como viver sem elas? Há como viver sem luz?

R: Justamente... impossível.

Y: Bom filosofar com você

R: Bom filosofar com você, mas temos de fazer isso numa mesa de bar.

(...)

4 comentários:

shaaa disse...

somos exatamente assim!

Y.K. disse...

Adorei. Mulheres, exatamente assim não?

"Bah, mas há como viver sem elas? Há como viver sem luz?"

Ju Losso disse...

gosto muito de seus pensamento, principalmente qnd sao transformados em poemas ou conversas. "só funcionam qnd esta td bem, qnd tem luz...é só uma tempestade acontecer pra q elas desistam..." nada mais puro e verdadeiro do q isso...infelizmente é realidade.
imagine vc, como seria entao 12 hrs de sol, dol da meia noite, bom não?.. ;)

R.L. disse...

24 de sol....
Melhor ainda!