sábado, 21 de junho de 2008

Palavras

Se eu posso me apropriar de algo na vida
Que sejam as palavras
Pois além de não me cobrarem nada por isso
É grande a recompensa à quem faz delas o bom uso

Se eu posso me apropriar de algo na vida
Que sejam as palavras
Palavras simples, mas que ao serem ditas, tocam dentro do peito
E aprofundam a alma
Palavras que foram concedidas não só à mim
Mas que à mim, foi dado o desejo de juntá-las
Em forma de versos e poesias

Se eu posso me apropriar de palavras na vida
Que sejam reflexões
E façam, nem que seja por um minuto
(como este agora)
Alguém se lembrar que o amor ainda existe
Pois ele pode despertar em meio das mais simples frases

Que das palavras floresçam a esperança!
E que de suas sementes brotem frutos
De uma arte tão simples e profunda
Que são as palavras

R.

---------------------------------------------------

- As palavras são peças do meu quebra-cabeça favorito.
E sempre que termina-se de montá-lo, a figura formada
é um presente para muitos, e pra mim, uma grande surpresa.

3 comentários:

Ana C. disse...

Sábio é aquele com o domínio das palavras,porque dizer é realmente uma arte;a maioria das pessoas só fala.Mas quando você diz,de verdade,é capaz de tocar as pessoas no que têm de mais profundo,faz rir e chorar,consola e causa admiração.Passa uma idéia,uma experiência de vida ou simplesmente uma opinião,mas o faz de maneira marcante.
Linda poesia,Rice!Como sempre :p

Yui disse...

Tenho uma certa limitação com palavras, não sei bem o porque, lido melhor com sons, ruidos, gestos, enfim...
Acho que o grande problema de tudo é que uma vez ditas, ou escritas, palavras nunca poderão ser desfeitas.

Yui disse...

Btw, ótimas poesias