segunda-feira, 18 de maio de 2009

O despertar

Amor que dorme
Profundamente entre lençóis de esquecimento
Que se esconde entre as plumas
Da inocência e dos erros imaturos de amor juvenil

Amor que é silencio
Há muito esquecido
Em uma fortaleza de medos e prisão soturna
Por entre as pedras escuras deste castelo
Enxerga os filetes de luz que invadem as trevas
Através de rachaduras das boas recordações

Amor apagado
Na profunda ardência do reencontro
Deixa reascender a vela da minha prece
E deixa alastrar o fogo suave pelo corpo
Com um cuidado sutil de uma cicatriz de amor

Amor ressequido
Molha-o com lagrimas de compreensão
E umedece-o com um beijo
De um renascido amor

Como a princesa adormecida
Que acorda de seu sono profundo
Que façamos abrir as feridas estancadas
Penetrá-las e curá-las
Para que delas não sobrem nem lembranças

E como um jardim secreto
Abandonado, que guarda debaixo dos galhos secos
A preciosa seiva
Mas, que ainda supimpa
Sustenta vida em todas as suas formas de amor

Agora é só recomeço
E tudo é só esperança
Como a fênix que renasce das cinzas...
Das cinzas de um sentimento esfarelado
Renasce o amor
Belo e rejuvenescido
Em sua mais bela e pura manifestação
De amor...

7 comentários:

Raphael disse...

Lindo. O amor é um ciclo sem fim, de começos e finais. Tanto nos novos amores quanto nos amores reforçados por novos ciclos. É assim o amor, é assim que se sente.
Gostei demais do texto.

Erick Sam disse...

lindo lindo lindo.......

Vitutc disse...

Nesse mundo de veleidades, é engraçado como os maiores segredos podem ser tão simples, ou as coisas mais simples se revelarem grandes segredos.

Não seria interessante deixarmos as bobagens do caminho de lado, e perseguissemos com sinceridade e verdade nossos desejos, para que não houvessem mais dúvidas e enganos, e enfim alcançar a pura "felicidade"?


Não sei bem se isso serve como comentário que pediu... ;P

Grande Beijo ;*

Fabiola disse...

é.. o amor é fogo..
constroi ou destroi
depende da intensidade e da forma e da vaidade ou não de cada um...
mas geralmente é muito bom senti-lo de uma maneira mais ampla .
adorei!!!
bjão

Betão :b disse...

Rice...AMEEEEI !
você está cada vez melhor,hein...PROMETE ;]

aaluah disse...

achei que tinha comentado nesse poema... oO

cadê você?

barbara disse...

final perfeito